Dicas de como encontrar os acordes de uma música

Nesta aula de hoje iremos dar dicas de como encontrar os acordes de uma música.Muitos estudantes mesmo sabendo teoria musical tem problemas para encontrar os acordes corretos para fazer as suas harmonizações.

Vamos trabalhar as dicas usando a escala de Dó Maior como exemplo que servirá para todas as outras escalas sendo elas maiores ou menores.Como sempre falamos em nossas aulas aqui no blog que é de fundamental importância que o ouvido musical esteja educado para a percepção de cada acorde e também de cada nota melódica tocada no instrumento.

Antes de sabermos como encontrar os acordes de uma música,precisamos entender como montar a escala que estamos trabalhando que é Dó Maior e os graus correspondentes de cada acorde,mesmo porque dentro da escala temos acordes maiores e menores na sua estrutura.

Escala Dó Maior: C // Dm // Em // F // G7 // Am // Bm7(b5) // cada acorde da escala tem o seu grau correspondente,Do Maior Grau I // Ré menor Grau II // Mi Menor Grau III // Fá Maior Grau IV // Sol Maior com Sétima Grau V7 // La menor Grau VI // Si Menor com Sétima e Quinta abaixada Grau VII //

Cada nota da escala de Dó Maior tem três acordes básicos dentro da própria escala.Para a Nota => DÓ temos os acordes de => C // F // Am // para a nota => Ré temos os acordes => Dm // G7 // Bm7(b5) // para a nota => MI  temos os acordes de => Em // C // Am // para a nota => FÁ temos os acordes de => F // Dm // Bm7(b5) // para a nota => SOL temos os acordes de => G7 // Em // C // para a nota => LÁ temos o acorde de => Am // F // Dm // para a nota => SI temos o acorde de => Bm7(b5) // G7 // Em //

Clique no Play Abaixo para ouvir a gravação.

Como encontrar os acordes corretos para harmonizar uma música?

Já vimos que para cada nota musical temos três acordes simples dentro da própria escala.Sabendo disso podemos tirar proveito quando estivermos harmonizando uma música e intercalar estes três acordes para a mesma nota musical.

Lembrando que estamos na escala de DÓ maior como exemplo para as demais escalas.

Exemplo 1: cantando a nota => DÓ podemos testar os acordes => C // F // Am // por estes acordes conterem a nota DÓ e perceber qual acorde irá se encaixar melhor no arranjo musical.

Exemplo 2: cantando a nota => RÉ podemos testar os acordes => Dm // G7 // Bm7(b5) e testar qual acorde ficará melhor no arranjo.

Exemplo 3: cantando a nota = > MI para o mi verificaremos qual destes três acordes => Em // Am // C // encaixará melhor em nosso arranjo musical.

Exemplo 4: cantando a nota => FÁ testaremos os acordes => F // Dm // Bm7(b5) // e observaremos qual destes acordes irá ficar melhor no arranjo.

Exemplo 5: cantando a nota => SOL testaremos estes acordes => G7 // Em // Bm7(b5) e usaremos o que melhor se encaixar no arranjo musical.

Exemplo 6: cantando a nota => LÁ testaremos os acordes de => Am // F // Dm // e observaremos qual irá se encaixar melhor em nosso arranjo musical.

Exemplo 7: cantaremos a nota => SI e testaremos estes acordes => Bm7(b5) // G7 // Em // para perceber qual será o melhor acorde para o nosso arranjo da música que estaremos utilizando.

Agora sabemos de todas estas possibilidades para encontrar o acorde correto para harmonizar uma música.Voltando a reafirmar que,não adianta saber tudo isso se não educarmos o ouvido para perceber qual o melhor acorde para ser usado no arranjo musical.

Observação: em praticamente todas as aulas aqui no blog eu falo da importância de educar o ouvido musicalmente e não ficar somente decorando,porque se decoramos,podemos esquecer e se sabemos fazer não tem nenhum problema se esquecermos e podemos fazer novamente.

É difícil educar o ouvido musicalmente?

Na verdade parece difícil mais não é,o problema é que para o ouvido musical seja educado será preciso repetir muitas e muitas vezes cada NOTA ou ACORDE que estivermos tocando.Uma técnica que já testei com vários alunos e dar muito certo é ficar repetindo a mesma nota musical várias vezes,tipo, DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO,DO, e tocar o mesmo acorde junto,quer dizer contar e tocar repetidamente e isso vale para todas as notas da escala que estiver usando.Para isso o instrumento tem que estar afinado e também cantar na altura correta.Existem várias maneiras de educar o ouvido musicalmente.

Vamos simular um arranjo musical.

Suponhamos que em uma música temos estes acordes => C // F // C // G7 // C // neste caso podemos ficar muito tempo tocando um mesmo acorde enquanto estamos cantando e isso as vezes não fica bom e agride muito o ouvido,mais se este mesmo arranjo incluirmos outros acordes da escala,e já sabemos que para cada NOTA musical temos três acordes básicos dentro da mesma escala,então poderia ficar assim => C // Em // F / Dm // G7 // C // ou => C // Am // F // Dm // G7 // C // são duas possibilidades para melhorar o arranjo,mais existem várias e quem vai dizer quais acordes usar é o ouvido do instrumentista.

Um trecho da música Marina de Dorival Caymmi

                                                                       C

Marina,morena

                           Am
Marina,você se pintou

 Repetição do trecho da música Marina

C               Em
Marina,morena

                             Am
Marina,você se pintou

Bom,este trecho foi apenas um exemplo,mesmo porque o nosso objetivo não é dar o peixe e sim ensinar a pescar.Queremos que as pessoas realmente aprendem de verdade a tocar e fazer os seus arranjos que também são conhecidos popularmente como acompanhamentos.

Clique no Play abaixo para ouvir a gravação.

Se você gostou dessa nossa aula,peço que compartilhe com os seus amigos e também nas redes sociais.

Nunca deixe os seus sonhos para depois!

Atenciosamente,

Professor: José Conceição

Caso exista alguma dúvida,entre em contato através do formulário deste blog clicando aqui

Deixe o seu e-mail para receber as nossas atualizações.Por favor não esqueça de confirmar em seu correio eletrônico.

admin

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *