Tom principal e tons vizinhos na prática

Tom principal e tons vizinhos na prática

O aluno aprende tudo a esse respeito e em muitos casos não sabe como colocar em prática.


Para fazer harmonizações musicais e saber além do tom principal também os seus vizinhos diretos e indiretos é de suma importância para o arranjador.Em muitos casos a pessoa não consegue encontrar o acorde para fazer a mudança e com os tons vizinhos isso facilita muito.


Como encontrar os tons vizinhos direto de uma escala?


Vamos pegar a escala de Do Maior como exemplo: C // Dm // Em // F // G7 // Am // Bm7(b5) // seus tons vizinhos diretos são F // Gm // Am  // Bb // C7 // Dm //Em7(b5)// e  => G // Am // Bm // C // D7 // Em // F#m7(b5) estas duas escalas são consideradas vizinhas diretas de Do Maior por terem apenas um acidente cada uma. Fá maior tem o Si Bemol e Sol Maior tem o Fá sustenido na armadura de clave.


Quais os tons vizinhos indiretos de Do Maior?



Os tons vizinhos indiretos de Do Maior são os relativos de Fá maior e de Sol Maior.Tom relativo de Fá maior = Dm // Em7(b5) // F // Gm // A7 // Bb //  C#m7(b5) // e o tom relativo de Sol maior = Em // F#m7(b5) // G // Am // B7 // C // D#m7(b5) //


Tom homônimo de Do maior


O tom homônimo de Do maior é Do menor = Cm // Dm7(b5) // Eb // Fm // G7 // Ab // Bb // que também pode ser usado em complemento ao Tom principal que neste caso é o Do Maior.


Sequências harmônicas usando o tom principal e os tons vizinhos.


Vamos criar algumas situações de sequências harmônicas que podem acontecer na harmonização de uma música.


Suponhamos que alguém compôs uma música com estes acordes. C // F / Em // B7 // Am // Dm // G7 // C // neste exemplo o Em e o B7 são tons vizinhos indiretos de Do Maior pelo motivo desses dois acordes estarem na escala de Mi menor relativo de Sol Maior que é o vizinho direto de Do Maior.Mas se o arranjo for C // F // Bb // A7 // Dm // G7 // C // neste caso usamos os acordes Bb // A7 // Dm // da escala de Ré menor que uma escala relativa de Fá maior e vizinha indireta de Do maior.


Resumindo: Os acordes de Em e B7 pertencem a Mi menor relativo de Som maior. Os acordes de Bb // A7 e Dm // são relativos de Fá maior. Tanto a escala de Sol maior quanto a escala de Fá maior são vizinhas diretas de Do maior.


Como harmonizar uma música usando o tom homônimo?


Exemplo na escala de Do maior e seu homônimo menor Do menor


C // F // C // G7 // C // Fm // G7 // Cm // Fm / Bb // Ab // G7 // C // neste caso perceba que o exemplo desta simulação de arranjo em Do maior usamos alguns acordes do tom homônimo como o Fm // Cm // Bb // Ab // estas são situações que realmente acontecem em harmonizações de músicas.


Quando estiver fazendo o arranjo de alguma música e não encontrar o acorde desejado,procure este acorde dentro do tom homônimo para encontrar e caso não encontre procure nos tons vizinhos.


Resumo do que foi dito entre tom principal e tons vizinhos diretos e indiretos e também o tom homônimo.


É de suma importância que o estudante não só do violão mais de qualquer outro instrumento musical aprenda o que é tom principal e tons vizinhos diretos e indiretos e também o tom homônimo,desta maneira ficará muito mais fácil harmonizar qualquer tipo de música seja MPB,JAZZ,BLUES,SAMBA,CHORO e muito mais.


Educar o ouvido musical é o principal,porque não basta também saber tudo isso que foi dito e o ouvido não perceber quando um tom é maior ou menor.Uma técnica que acho muito interessante é tocar e cantar cada escala e também os acordes separadamente.


Um mesmo acorde terá função diferentes quando tocado em escalas diferentes.Exemplo: O acorde de Fá Maior na escala de Do maior é o quarto grau e esse mesmo Fá maior na escala de Fá maior é o primeiro grau e se tocar o Fá maior na escala de Si bemol maior ou menor ele será o quinto grau. Assim acontece com os outros acordes maiores e menores.



Algumas simulações de sequências harmônicas usando o tom vizinho e homônimo.


C // F // Fm // Bb // A7 // Dm // G7 // C //


C // G7 // C // A7 // Dm // G7 // C //


C // Am // Ab // G7 // C //


C // Ab // Bb // A7 // Dm // G7 // C //


Estas regras acima pode ser aplicada aos tons menores também.Veja alguns exemplos abaixo.


Escala de Lá menor tom principal: Am // Bm7(b5) // C // Dm // E7 // F // G#m7(b5) // os tons vizinhos de Lá menor diretos são =>  Dm //Em7(b5) // F // Gm // A7 // Bb // C#7 //e => Em // F#m7(b5) // G7 // Am // B7 // C // D#7 /


Vizinhos indiretos de Lá menor


F // Gm // Am // Bb // C7 // Dm // Em7(b5) // e =>  G // Am // Bm // C // D7 // Em // F#m7(b5)


Algumas sequências usando o Tom principal e tons vizinhos diretos e indiretos de Lá menor.


Am // E7 // Am // Bb // Gm // G#m // Bm // B7 // Em // E7 // Am // perceba que nessa sequência foi usado acordes dos tons vizinhos diretos e indiretos.O interessante que usando este tons aumenta muitos as possibilidades na harmonização de uma música.


Também podemos usar o Tom Homônimo que no caso de Lá menor é Lá maior. => A // Bm // C#m // D // E7 // F#m // G#m7(b5) // Veja que neste Tom de Lá maior existem acordes que podem ser usados em uma harmonização em Lá menor,quer dizer pegaremos emprestados alguns acordes de Lá maior para o Lá menor. Um exemplo: => Am // G#m7(b5) // A // A7 // Dm // E7 // Am // => perceba que nesta simulação usamos os acordes G#m7(b5) // A // A7 // emprestado a Lá menor.


Resumo do que foi dito acima no texto:Estas dicas acima são situações que acontecem com muita freqüência em harmonizações musicais.Muitas das vezes não encontramos o acorde desejado dentro do tom que queremos e por isso que existem os tons vizinhos diretos e indiretos e também os tons relativos e indiretos.Outro tom muito usado para auxiliar o tom principal é o tom Homônimo.


Esta foi a nossa aula de hoje.Se você gostou compartilhe com os seus amigos e também nas redes sociais.


Nunca deixe os seus sonhos para depois!


Como fazer belas harmonias de maneira fácil.Acesse aqui


Atenciosamente;


Professor: José Conceição


Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE